Quero estudar inglês fora. Por onde começar?

 

capa_face_5

 

Como definir o destino da viagem?
A primeira pergunta que o futuro intercambista deve se fazer é: qual o meu objetivo com esta viagem? Todo o plano de viagem envolve: datas, clima, disponibilidade financeira e preferências culturais.

Como saber em que nível do idioma devo me matricular?
No primeiro dia de aula na escola fora do Brasil o estudante faz um teste de nivelamento, para saber em qual nível vai se encaixar.

Quantas horas devo estudar?
Depois do teste de nivelamento, o aluno passa ter aulas diárias, que também exigem que ele estude diariamente em casa. Em geral, o aluno estará estudando inglês por cerca de 3-6 horas por dia, então só depende da dedicação de cada para ver o efeito do intensivo.

Qual a vantagem, em termos de tempo de estudo, de estudar no exterior?
No Brasil, os alunos estudam 2 a 3 horas por semana, no exterior 1 mês de estudo intensivo equivale a 10 meses de estudos no Brasil.

Qual a quantidade de tempo necessário para estudar fora e alcançar uma fluência no idioma?
Isso varia de acordo com o histórico do estudante. “Por exemplo, uma pessoa que estudou inglês mais de 4 anos, tem boa escrita, mas dificuldade para falar, normalmente é um nível “alto intermediário” que vai precisar de 1 a 3 meses para alcançar a segurança para se comunicar. Já uma pessoa que nunca estudou e deseja voltar falando inglês, levará 6 meses para conseguir ser comunicar. Vale ressaltar que a maioria volta falando fluente, mas outros não se dedicam tanto, daí precisam passar mais tempo”, explica Marcelo Albuquerque, diretor da IE Intercâmbio.

Onde há menos brasileiros?
Há estudantes do Brasil em todos os lugares, porém onde for mais badalado, teremos mais brasileiros, pois a maioria também busca diversão. Dentre as cidades com maior procura estão: Estados Unidos, Inglaterra e Canadá. Estes destinos, em sua maioria, contam com escolas onde há um controle da quantidade de brasileiros em uma única sala. Há casos também de países onde há uma concentração maior de estudantes do Brasil como a Irlanda – a concentração de brasileiros em uma única sala pode chegar a 80%.

Intercâmbio fora de temporada é uma boa?
Muitos intercambistas acabam optando pelo intercâmbio fora de temporada. Além do preço, uma das vantagens é que destinos onde o inverno é extremamente rigoroso terão menos brasileiros – número de estudantes do Brasil chega a 2%.

SOBRE A IE INTERCÂMBIO:
A IE é uma das maiores redes de intercâmbio cultural do Brasil, com mais de 40 agências de norte a sul do país. Pioneira em programas de trabalho no exterior, é uma das empresas mais premiadas e tradicionais do segmento. Para estudar no exterior, fazer High School, viajar nas férias ou ter uma experiência internacional na sua área de trabalho, a IE oferece intercâmbios para todas as idades.
Site: http://www.ieintercambio.com.br

Um comentário sobre “Quero estudar inglês fora. Por onde começar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s