5 habilidades que um (bom) viajante precisa ter!

20130409_211532

Ao contrário do que muitos pensam, a arte de viajar não exige tanto dinheiro assim quanto se imagina – cada dia mais é possível viajar mais gastando menos dinheiro. Algumas habilidades, entretanto, são imprescindíveis para qualquer bom viajante. Vamos lá?

1. Ser viciado nos sites de promoções aéreas!
O ritual de viajar está sempre associado a um desejo/vontade de conhecer um lugar + a oportunidade certa – os amigos, o feriado, a folga, ou (principalmente) a promoção. Quem nunca viu uma promoção imperdível, comprou na hora e pensou “Depois eu resolvo com meu chefe”. Sites como o Melhores Destinos, são a bíblia dos viajantes modernos, com atualizações diárias sobre o mundo das promoções.

2. Curtir aviação, companhias aéreas, aeroportos e afins.
Desde pequeno eu fui apaixonado pelo ‘mundo aéreo’, as companhias aéreas, aeroportos, rotas, code-shares, alianças, tudo o que faz parte do universo da aviação. Alguns sites como Kayak.com são muito bacanas para fazer pesquisas de passagens aéreas e descobrir novas companhias que operam os trechos que você sempre quis voar, aeroportos alternativos onde a passagem pode custar bem menos, e por aí vai. Curtir esse mundo vai te levar naturalmente para o passo três, que é:

3. Dominar os programas de milhagens
Eles já foram bem melhores – hoje em dia estão cheio de cascas de banana pra gente pontuar bem menos, como passagens promocionais que só valem metade das milhas, entre outras perdas de benefícios. Mas transferir os pontos do cartão de crédito para o programa de milhagem ainda é a maneira mais barata de conhecer o mundo. Para isso é claro, é necessário focar os gastos no cartão de crédito (débito rende bem menos milhas) e focar em uma companhia só.

4. Saber viver apenas com o essencial
Essencial é uma palavra tão, mas tão relativa para tanta gente. Será que você precisa mesmo sair por aí carregando aquela super necessáire com secador de cabelo, três saltos diferentes (um para o fim de tarde, um para a noite e um para ‘passear no shopping’?). Aliás, bons viajantes não frequentam o shopping. Não há espaço na mala para ficar comprando um sapato, mesmo que a promoção esteja imperdível. Bons viajantes, aliás, compram muito pouco em suas viagens: os folhetinhos, cartões de visita, fotos e memórias costumam ser as melhores lembranças.

5.. Xô preconceito
Um olhar muito livre sobre a cultura alheia. Sobre todos os hábitos: de transporte, culinários, familiares, sociais, fashion, musicais, políticos. O bom viajante nunca aponta o dedo na cara de ninguém quando está na estrada (nem é muito seguro fazer isso né?), muito pelo contrário. Já fiz viagem com gente incrível e com gente muito chata: e os chatos sempre foram aqueles que esculhambaram as diferenças, ao invés de adicioná-las a seus repertórios culturais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s